“Comunismo Para Crianças” é um prato cheio para quem gosta de pires vazio

 

“Comunismo Para Crianças” não é (só) para crianças. E como não poderia deixar de ser, foi duramente criticado nos Estados Unidos por supostamente promover a doutrinação de jovens, quando editado, em 2017. Mas é claro que os críticos só leram o título, como muitos devem fazê-lo, no Brasil.

A alemã Bini Adamczak nasceu em 1979, é ensaísta e artista visual e vive em Berlim. Para explicar o comunismo, a autora faz uma longa exposição sobre o que é o Capitalismo, a exploração dos trabalhadores e  relata o sofrimento causado pelo sistema. Com base nisso, faz um contraponto utópico, chamado Comunismo, “por meio de situações e exemplos imaginários, mas muito familiares aos que vivem no mundo globalizado”. Mas não perdoa os enorme equívocos da experiência socialista.

Ou seja, vai ser um prato cheio para os leitores de legendas e títulos. Prestem atenção. E divirtam-se.

“Comunismo Para Crianças”, de Bini Adamczak, foi editado pela Três Estrelas.

 

Blog ML

MondoLivro Visualizar tudo →

Literatura em Todos os Sentidos, por Afonso Borges

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: