Um documentário para um ladrão de livros

maxresdefault

 

Ouçam a coluna de Afonso Borges na Rádio BandNews Belo Horizonte, clicando AQUI

O Mondolivro de hoje fala sobre um documentário, dirigido por Caio Cavechini e Carlos Juliano Barros que conta a história de de Laéssio Rodrigues de Oliveira em uma série de entrevistas feitas entre 2004 e 2013. Nascido em Teresina (PI), Laéssio veio de uma pobreza extrema e, ainda jovem, ascendeu ao maior ladrão de livros que se tem notícias. Após a chegada de Laéssio, instituições como o Palácio Itamaraty e o Museu Nacional mudaram seus padrões de segurança. O filme, que a primeira impressão pode parecer que glamouriza uma face criminosa, se mostra forte ao abrir uma discussão sobre a importância, a falta de valorização e a pouca segurança que se tem com os tesouros que o Brasil possuí em matéria de documentos.

Hoje a dica de leitura são dois livros que ainda serão publicados da escritora Laura Conrado. Um deles é em conjunto com Marina Carvalho, chamado “Literalmente Amigas” e outro, que se chama “Heroína”, pela Galera Records. Para leitores e admiradores de Laura Conrado, o aviso está dado, fiquem no aguardo.

Uncategorized

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: