Uma rua literária na Savassi. A história de BH merece isso.

A Rua Fernandes Tourinho, na Savassi, devia ser fechada, aos sábados, para o fruir do lazer cultural literário. Na verdade, a Prefeitura só iria sacramentar o que já é realidade, por ali. Falando nisso, é um programão para o sábado de manhã: levar as crianças para conhecer livrarias de verdade: as que tem livreiros inteligentes com a Simone, da Ouvidor, o Alencar, da Quixote as gentis meninas da Scriptum. Ouçam a coluna de Afonso Borges, na Rádio CBN Belo Horizonte, clicando AQUI.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s