Voz de Mário de Andrade e Raquel de Queiroz

maxresdefault

 

Ofereço agora para vocês uma preciosidade: a voz de Mário de Andrade e Raquel de Queiroz. São pessoas que conhecemos pela letra, pela escrita, pela força de sua literatura. Eu nunca ia imaginar que iria ouvir a voz do autor de “Macunaíma”, setenta anos após a sua morte. Pesquisadores de universidades do Brasil e Estados Unidos recuperaram registros feitos em 1940, feitos para o linguista norte-americano Lorenzo Turner.

Mário de Andrade canta o hino de Juscelino Kubistchek, “Zumzum”, acompanhado de Mary Pedrosa. Para quem não sabe, “zumzum” é o nosso “peixe vivo”, peça do século dezoito, usada nas rodas de bebida do interior de Minas: Mário canta tabmém “Deus lhe Pague a Santa Esmola”, cantiga de mendigos colhida por ele em Catolé do Rocha, interior da Paraíba e “Tava Muito Doentim”, cantado por Rachel de Queiroz e colhida em Pernambuco. Ouçam um pouco da voz deste dois, história viva da literatura brasileira e se emocionem. Vale a pena:

Afonso Borges, para a Rádio CBN.

Rodapé_MondoLivro - Boletim literário na Rádio CBN

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s