Tico Santa Cruz e a importância da leitura na formação do cidadão

Tico Santa Cruz terminou o debate, no Sempre Um Papo, de ontem, em Araxá, com um apelo: não abram mão do uso e da prática de um português claro, bem falado e bem escrito. Segundo ele, a internet e a falta de leitura estão reduzindo, cada vez mais, o vocabulário das pessoas. Ao escrever, cortam palavras pela metade; ao falar, usam cada vez mais as gírias e estrangeirismos.

Tico lembrou que a boa utilização da língua portuguesa está relacionada com conhecimento. Está relacionada com capacidade de argumentação, com informação, com competência. Quanto mais limitado o vernáculo, mais limitada será sua compreensão de mundo, a sua interação com as pessoas e, profissionalmente falando, mais limitada fica a sua progressão na carreira.

Acontece que só se existe uma maneira de ampliar vocabulário: com a leitura. Não se aprende palavras novas e seus diversos usos em aulas de português. Só a forma – organizada, ou não, construtiva, ou não – dos textos de ficção conseguem dar ao cidadão a engenharia cerebral necessária para a elaboração de uma boa argumentação. E argumento é palavra organizada, que remete a um cérebro organizado. O importante, no fundo, é o seguinte: você tem que ter capacidade de dizer, de forma clara, o que está pensando. E isso só acontece quando tem vocabulário. E vocabulário só se adquire lendo livros.

Tico Santa Cruz lançou seu primeiro livro policial, “Pólvora”, que é pólvora mesmo, e já está com a caneta em um novo. Tico é um escritor de mão cheia, talhado na praça de guerra das redes sociais. Seu Facebook tem quase um milhão e meio de seguidores e, mais que isso: o alcance das suas publicações, que é o indicador que determina a influência da página, é igual ao da Folha de S. Paulo, que tem, em tese, 3 vezes mais seguidores. Ele sabe lidar com a rede, pesquisa os assuntos seriamente e discute com as pessoas, na forma clássica do jornalismo. É, hoje, além de músico e escritor, um dos mais importantes formadores de opinião no Brasil. Como exemplo, entrem lá na página dele e vejam o que ele disse sobre o monstrengo da mudança da lei que vai colocar jovens entre 16 e 18 anos na cadeia.

Vejam lá, e se liguem no Tico Santa Cruz. Atenção.

Rodapé_MondoLivro - Boletim literário na Rádio CBN

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s